Ao amado de minha amada

Publié le par Velho e Ferido Lobo Solitário

Como posso odiálo tanto, mais ao mesmo tempo invejálo e admirálo um tanto mais...

Antes não podia aproximar me dele, pois não resistiria a atacálo, e arrancar a sua cabeça com as minhas proprias mãos. Já  hoje não posso aproximar me, sem chegar me, mais para perto, para sentir seu cheiro doce e sua beleza extrema.


Quando eu o via, minhas mãos coçavam de ódio desejando surralo, já hoje ao ve lo minhas mãos coçam para cumprimentalo...

Hoje sei porque a minha amada o escolheu para si, entre o monstro, o principe adultero e um jovem amável, ela escolheu escolheu o adorável jovem.


Eu mesmo faria a mesma escolha, pois ele é superior a mim, em todos os aspectos...

Commenter cet article