Conclusão da minha dor

Publié le par Velho e Ferido Lobo Solitário

Dor, minha companheira fiel,

Amor, meu inimigo pra sempre,

Será que desejei tal vida?

 

Tudo tento, mas nada do que faço, se completa no final

A vida nova que tanto desejava e almejava, não consegui,

Pois a dor me supera a todo momento.

 

Poderia dizer que ninguém me entende,

mas o correto seria dizer que eu não os entendo,

e isso me corroe...


Como sempre, preciso de forças,

mas não as encontro, preciso de amor,

mas tal sentimento, já perdi á muito tempo.


Dentre todas essas possibilidades

e sentimentos cruciais em vidas magnânimas,

Vejo que sou limitado á todos eles...

Commenter cet article