Decepção

Publié le par Boca de Praga

EU ERA APENAS UM POBRE GAROTO MOLHADO PROCURANDO O MEU LUGAR AO SOL; DIFICIL ERA, DURO ERA, ESTAVA EU EM UM ESTADO DE LASTIMA, DE DOR, DE TORTURA CONSTANTE, ONDE A MORTE PARECIA MAIS DOCE E AGRADAVEL DO QUE VIVER, ENTÃO EM UMA CERTA FEITA ENCONTREI ALGUEM QUE ME DEU ESPERANÇA, QUE ME DEU MOTIVOS PARA CRER QUE TUDO IRIA DAR CERTO, QUE TUDO FICARIA BEM. QUÃO GRANDE FOI A DECEPÇÃO, QUÃO GRANDE FOI A DOR, A ANGUSTIA, A LASTIMA, O SOFRIMENTO; TALVEZ A CULPA SEJE MINHA E A É, SEMPRE A É, SEMPRE EM TUDO QUE OCORRE, EM TUDO O QUE SUCEDE A CULPA MINHA A É.
TALVEZ POR SER CULPADO, A MIM DEVO PADEÇER, A MIM DEVO SOFRER, A MIM DEVO MORRER...

Commenter cet article