Lágrimas

Publié le par Velho e Ferido Lobo Solitário

Tanto ódio, porque tanto ódio?

Me pergunto, mas só estou, e a resposta é vaga,

Pois não tenho tal potencial e sabedoria,

Mas mesmo assim, não tremulo, nem sequer falo...


Olhar fixo, profundo, em um papel branco,

Consigo ver sangue, vejo o sangue do ódio,

O coração aperta, me sinto como o deserto,

Um deserto sem areia...


Agora posso sentir de verdade a dor,

Posso sentir o gosto dela, a dor do vazio por estar só,

Eu sinto, eu vejo, a dor está presente em todos,

Mas só alguns se manifestam com o verdadeiro sentimento...


Mas será que a dor é um sentimento?

Em meio á tantos outro sentimentos buscados pelas pessoas,

Será que dor é um sentimento, ou simplesmente, um castigo?

Um castigo, que a vida encravou em meu peito á muito tempo...


Me sinto cansado, me sinto abalado, 

Com tanto ódio no mundo, elas vem,

Eu temia por isso, mas veio, bem devagar,

Ela é salgada e fria, como meu coração...

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article