O Maldizente

Publié le par Boca de Praga

MALDITO O DIA DE MEU CONCEBIMENTO POIS AO MUNDO VEIO UM FEITOR DE GRANDES PLANOS, PORÉM INCAPAZ DE GRANDES FEITIOS.

MALDITA A NOITE QUE TIROU DE MIM O SONO POIS DEU ME PENSAMENTOS QUE NÃO DORMEN E NEM TOSQUENEJAM.

MALDITA MINHA PROGENITORA QUE ME DESTE A LUZ POIS NÃO ME DESTE A MÃO QUANDO CAI.

MALDITO MEU PROGENITOR POIS ME REJEITASTE JA NO BERÇO.

MALDITA A MORTE QUE MUITAS NEGOU LEVAR ME, DEIXANDO ME NESTE MUNDO.

MALDITA A VIDA QUE EM MIM ESTA EMPREGNADA E FEZ NULA MINHAS TENTATIVAS DE EXPELI LA.

MALDITO O DIA POIS SUA LUZ REVELOU ME MAIS DO QUE SOU; E DE MIM FOI ESPERADO MAIS DO QUE PODERIA FAZER, E ENTÃO DEU SE MEU FALEÇER.

Commenter cet article