Cena deprimente

Publié le par Boca de Praga

Meus olhos viram uma intrigante cena, dois enamorados tendo que se despedir para sempre por motivos ainda incógnitos para mim.

Eles se olhavam nos olhos, diretamente nos olhos.

Ela ao olhar pra ele estava confusa tomando uma decisão aleatória e leviana.
Ele a olhava triste e abatido, ciente de que não mais a veria e se a visse novamente já não seria mais como um dia foi.

Vendo eu esta intrigante cena chego a verídica conclusão:
"Somente com a agonia da despedida podemos compreender a profundidade do nosso amor."

Commenter cet article